Quinta-feira, 2022-01-20, 4:38 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Abril » 1 » DETENTOS QUE SERIAM RESGATADOS SERÃO TRANSFERIDOS PARA SERRINHA
10:57 AM
DETENTOS QUE SERIAM RESGATADOS SERÃO TRANSFERIDOS PARA SERRINHA


Os doze detentos que conseguiram estourar os cadeados e sair das celas da Unidade Especial Disciplinar (UED), presídio de segurança máxima em Salvador, serão transferidos ainda neste domingo (31) para o Conjunto Penal de Serrinha, a 173 quilômetros de Salvador.

Segundo informação da SEAP - Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização -, a unidade do interior do estado abriga condenados ao cumprimento de pena privativa de liberdade, em regime fechado e semi-aberto.

Ainda segundo a secretaria, policiais militares do Batalhão de Guardas e agentes penitenciários de plantão impediram, na madrugada de hoje, que cinco homens fortemente armados invadissem a UED, uma das seis unidades prisionais do Complexo Penitenciário da Mata Escura.

A ação, ocorrida por volta das 4h, teve o objetivo de resgatar internos custodiados na unidade. Policiais Militares estão rastreando o local, na tentativa de localizar os invasores. A SEAP vai instalar processo administrativo disciplinar para apurar o caso.

Os cinco homens se passaram por policiais, sendo que dois deles estavam usando uniformes da PM. Eles renderam os sentinelas e tentaram invadir a área das celas, utilizando, além do armamento pesado, ferramentas para cortar a cerca e o alambrado de isolamento do local.

A AÇÃO - policiais do GIRP - Grupo de Intervenção e Resgate Prisional -, informou para o Bocão News que um grupo formado por seis homens armados com fuzis conseguiram render policiais militares que estavam na guarita da unidade de segurança no início da manhã.

Ainda segundo informações da polícia, dois dos integrantes do grupo estava fardado com um uniforme da Polícia Militar, se aproximaram dos soldados e os renderam. "Enquanto isso, detentos que estavam dentro da UED já tinham estourado cadeados e sair das celas”, informou um policial.
 "Os presos instalaram um dispositivo explosivo no portão da unidade e detonaram. A ação foi rápida, mas eles não conseguiram derrubar o portão e ação terminou falhando.

 Os bandidos que estavam do lado de fora fugiram por um matagal que fica atrás da unidade e levaram as armas dos policiais”, conta.

De acordo com o vereador Prisco, presidente da Aspra (Associação dos Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia), os soldados rendidos foram espancados pelos bandidos e tiveram de ser hospitalizados. "Eles receberam coronhadas na cabeça, socos e pontapés. Pediram para não ser mortos. Os dois foram hospitalizados, mas já receberam alta”. Prisco explica que a unidade, de segurança máxima, não tem muros. "Lá são cercas. Qualquer pessoa sabe que atrás da UED tem uma mata que vai parar lá na Avenida Gal Costa, foi exatamente este trajeto que os bandidos fizeram para chegar e para fugir”.

Durantes buscas na região, a PM encontrou dois carros roubados abandonados na avenida Gal Costa. Dentro de um eles estava a farda da Polícia Militar utilizada na ação criminosa. Os detentos do Complexo Penitenciário foram levados para uma delegacia onde prestam depoimento sobre o caso.

A polícia tenta esclarecer de quem partiu o ordem para libertar os homens envolvidos na tentativa de fuga. Um processo administrativo disciplinar também vai ser instalado para apurar participação de funcionários na ação.

A UED abriga os presos mais perigoso do Complexo Penitenciário Lemos de Brito, no bairro da Mata Escura. Nela estão integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) e CP (Comissão da Paz). "O provável alvo deles era um traficante e homicida conhecido como "Paulista”. Ele faz parte do PCC e deverá ser transferido para um presidio de segurança máxima”, revelou Prisco.

Na unidade também segue preso o traficante, líder da CP, Fagner Souza da Silva, o "Fal”, responsável pela conexão com a facção paulista PCC. Fal foi capturado no dia 2 de junho de 2011 na cidade de São Paulo, durante a "Operação Gênesis”. No momento da prisão ele tentou subornar os policiais oferecendo R$ 500 mil. ‘Fal’ atua de dentro do presidio em parceria com Cláudio Campana, que segue cumprindo pena em presidio de segurança máxima fora da Bahia.

Fonte: Bocão News

Category: NOTÍCIAS | Views: 361 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 3
Convidados: 3
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa