DEFESA DO EX DE BRUNET ALEGARÁ QUE ATRIZ NÃO FICOU INCAPACITADA APÓS AGRESSÃO - 19 October 2016 - JORGEQUIXABEIRA
Saturday, 2016-12-03, 6:36 AM
Welcome Guest | RSS

Menu
Login
Categorias
Cesta
Your shopping cart is empty
Pesquisar
Metereologia
Main » 2016 » October » 19 » DEFESA DO EX DE BRUNET ALEGARÁ QUE ATRIZ NÃO FICOU INCAPACITADA APÓS AGRESSÃO
10:18 AM
DEFESA DO EX DE BRUNET ALEGARÁ QUE ATRIZ NÃO FICOU INCAPACITADA APÓS AGRESSÃO

 

Há pouco mais de um mês para primeira audiência do caso de agressão de Luiza Brunet sofrida pelo seu ex-marido, Lirio Parisotto, a reportagem da Folha de S. Paulo, teve acesso à defesa do empresário no processo e revelou detalhes da alegação dos advogados de Lirio para evitar condenação do seu cliente. A audiência acontecerá às 13h, do dia 29 de novembro, no Fórum Criminal da Barra Funda, Zona Oeste da capital paulista.

Segundo a publicação, os advogados de Parisotto, sob o comando de Celso Vilardi, tentarão evitar que o empresário seja enquadrado na Lei Maria da Penha. Uma citação jurídica levantada na peça afirma que, "para a incidência da Lei Maria da Penha, faz-se necessária a demonstração da convivência íntima, bem como de uma situação de vulnerabilidade da mulher, que justifique a incidência da norma de caráter protetivo". 
 
A defesa ainda tentará desmontar a alegação de que a atriz foi ferida com gravidade e chegou a ficar acamada pela agressão, e para isso foram apontadas inconsistências em laudos e citadas fotos que ela postou em redes sociais. "A classificação grave para a suposta lesão não pode prevalecer, posto que Luiza Brunet não esteve incapacitada para executar aatividades habituais durante mais de 30 dias como exigido pela lei", diz trecho da defesa. 
 
De acordo com o jornal, na peça da defesa do empresário ainda constam partes de alegadas conversas eletrônicas entre os dois, nas quais Brunet aparece se dizendo "pavio curto" e "ciumenta", além de caractertizar a atriz como "briguenta", descontrolada e com "acessos de fúria" desde o começo do namoro com Prisotto, que teria levado dela "tapas no rosto" e "mordida no braço" em 
A reportagem afirma que Luiza Brunet foi procurada por meio da sua assessoria, mas não quis se manifestar sobre a defesa do empresário, assim como Parisotto, que da mesma forma não quis falar sobre o teor da sua defesa. A acusação aconteceu em julho, mas a agressão teria ocorrido em maio, durante uma viagem para Nova York, em que a atriz alega ter recebido um soco do empresário no olho direito, além de chutes.
Category: NOTÍCIAS | Views: 90 | Added by: Milena | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total online: 8
Guests: 8
Users: 0
Sites

Copyright MyCorp © 2016