Terça-feira, 2020-10-20, 12:20 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2013 » Abril » 15 » DECARGA DESCOBRE QUE FRAUDADOR DE URUÇUCA USAVA EMAIL PARA ENCOMENDAR TONELADAS DE CIMENTO E AÇO
9:39 AM
DECARGA DESCOBRE QUE FRAUDADOR DE URUÇUCA USAVA EMAIL PARA ENCOMENDAR TONELADAS DE CIMENTO E AÇO


12 toneladas de aço e 1.100 sacos de cimento, obtidos fraudulentamente de duas empresas, por um homem que se passava por proprietário de uma construtora, foram apreendidas no município de Uruçuca por investigadores da Decarga (Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias), que estão à procura de David Carlos da Silva Farias, de 28 anos. Uma comerciante da região, Lucélia de Souza Oliveira, que adquiriu parte da carga de cimento para revenda, foi autuada em flagrante por receptação qualificada.

David Carlos, natural do Espírito Santo, responde a inquérito, naquele estado, por tentativa de homicídio e, segundo o delegado Jean Silva Souza, titular da Decarga, já foi indiciado na Delegacia Territorial de Uruçuca, em 2007, por estelionato e formação de quadrilha. Ao perceber a presença dos investigadores no local onde havia armazenado parte da carga de cimento e as 12 toneladas de aço, o criminoso fugiu a bordo de um veículo Uno, de cor vermelha.

A polícia apurou que David enviava, por email, falsos pedidos de compra, em nome da empresa SGO Construções, aos fornecedores do cimento e do aço e, depois de fechar negócio, fretava caminhoneiros para transportar os produtos até o destino definido por ele. O delegado Jean Silva indiciará o golpista em inquérito policial por furto qualificado, mediante fraude.

A equipe da Decarga descobriu o golpe depois que representantes da SGO Construções registraram, no dia 26 de março, uma ocorrência na 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Feira), sobre o uso indevido do nome da empresa, na aquisição de 1.100 sacos de cimento, de uma unidade do grupo Votorantim, em Feira de Santana. 

Comunicado sobre a fraude, o delegado Jean Silva Souza iniciou as investigações, na quinta-feira passada (4), tendo acesso a uma falsa nota de compra, enviada por e-mail à Votorantim. "Rastreamos o IP do computador, através do qual o e-mail foi enviado, e constatamos que o emissor procedia de Uruçuca”, informou o delegado, que encaminhou uma equipe de investigadores ao município.

No canteiro de uma obra, naquela cidade, estavam 250 sacos de cimento encomendados por David e as 12 toneladas de aço que ele conseguiu subtrair da empresa Luzano Construtora Elétrica do Brasil, sediada no Espírito Santo.

Outros 150 sacos de cimento foram apreendidos na loja Tonhão Material de Construção, cuja dona, Lucélia Oliveira, já tinha revendido outras 150 unidades do produto, fornecidas por David, sem nota fiscal. Todo o material apreendido será devolvido às empresas proprietárias. 

Fonte: Central da Policia

Category: NOTÍCIAS | Views: 314 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 3
Convidados: 3
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa