Sexta-feira, 2020-12-04, 6:04 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2013 » Abril » 4 » CRUZ DAS ALMAS: DISPARO QUE MATOU MOTOCICLISTA FOI ACIDENTAL, DIZ PM
8:14 AM
CRUZ DAS ALMAS: DISPARO QUE MATOU MOTOCICLISTA FOI ACIDENTAL, DIZ PM

 

O disparo do policial militar que matou um jovem de 22 anos na noite da última terça-feira (2), em Cruz das Almas, foi acidental, disse o major David Oliveira Lanzillotti. De acordo com o comandante da 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (27ª CIPM/Cruz das Almas) do município, Paulo José dos Santos Fiúza, 22 anos, estava fazendo uma manobra ilegal com sua motocicleta e foi atingido por um disparo do policial Robério Gomes Bispo, 40 anos, após ter atropelado o PM.

Segundo o major, policiais faziam uma ronda pelos bairros de Coplan e Itapicuru, na cidade que fica a 146 quilômetros de Salvador, quando viram Paulo empinando a moto.

Nesse momento, o soldado Robério desceu da viatura para abordar o jovem pela infração e acabou sendo atingido pela motocicleta de Paulo. Ao ser atropelado, ainda segundo o major Lanzilloti, o soldado disparou um tiro acidental que atingiu o jovem entre o tórax e o abdômen.

Logo após ser atingido, o jovem ainda estava consciente e foi conduzido pelo próprio soldado na viatura da Polícia Militar para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cruz das Almas. Porém, por conta dos ferimentos graves e da perda de sangue, Paulo morreu por volta das 20h. 

O comandante não soube confirmar se Paulo atropelou o soldado intencionalmente para evitar a abordagem ou se ele teria se desesperado com a polícia e perdido o controle da moto, atingindo o PM.

O policial ficou ferido no joelho e no cotovelo. Além disso, havia marcas de sangue na viatura da polícia, tanto de Robério quanto do motociclista.

Também segundo o comandante Lanzillotti, o soldado chegou a conhecer a família do motociclista na UPA e estava desesperado com a situação. Em seguida, Robério foi levado a delegacia de Cruz das Almas, onde foi aberto inquérito.

De forma independente da investigação da Polícia Civil, a PM também investigará o caso, pelo fato de Robério estar em momento de trabalho, afirmou o major.

Moto desapareceu
O corpo do jovem foi conduzido ao Instituto médico Legal (IML) de Santo Antônio de Jesus. O soldado envolvido também passou por exames periciais ao longo de toda a tarde desta quarta-feira (3) no IML de Valença.

A arma que foi usada para o disparo e a viatura da PM passarão por perícia para apurar as causas do acidente. No entanto, quando uma guarnição da PM retornou ao local para as investigações, a motocicleta do jovem havia sumido. A polícia suspeita que ela tenha sido levada por conhecidos de Paulo ou por bandidos.

O comandante Lanzillotti lamentou o acidente. Ele afirmou que o caso foi uma fatalidade e a Polícia Militar vai procurar a família da vítima ao longo das investigações para prestar o apoio necessário. 

O comandante comentou que tanto o policial militar como o motociclista eram pessoas que "gozavam de bom conceito na cidade". Segundo ele, Robério é evangélico e tem um comércio de churros e salgados na cidade, onde trabalhava nos momentos de folga.

Apesar de elogiar Robério e afirmar que ele nunca havia passado por uma situação parecida, o comandante Lanzillotti disse que adotaria postura firme caso as investigações passem a apontar a culpa para o PM: "Se o policial for culpado ele vai pagar por isso", finalizou.


Fonte: Correio

Category: NOTÍCIAS | Views: 210 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 4
Convidados: 4
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa