Quarta-feira, 2021-12-01, 2:42 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2011 » Abril » 28 » CORTE DE VERBAS REDUZ ATENDIMENTOS DO SUS NAS CLÍNICAS
2:39 PM
CORTE DE VERBAS REDUZ ATENDIMENTOS DO SUS NAS CLÍNICAS


O presidente da Associação de Hospitais da Bahia, Marcelo Britto, esclareceu na manhã desta quinta-feira (28), em entrevista ao Correio24horas, que a proposta de redução em 25% no atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) à população de Salvador, mensalmente, partiu da Prefeitura. De acordo com Britto, essa foi a forma que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) teria encontrado para compensar o corte no repasse de verbas, que já seria realizado no início de maio, relativo aos serviços prestados no mês de abril.

"Recebemos um comunicado da Secretaria Municipal de Saúde de que, devido a um rombo no orçamento para o setor, já a partir do mês de abril haverá um corte de 25% dos serviços prestados por hospitais e clínicas particulares que atendem pelo SUS em Salvador. A própria Secretaria orientou a Associação a diminuir o atendimento aos usuários. Como o mês de abril já está no final, a interrupção dos atendimentos só deverá acontecer entre os dias 16 e 23 de maio, caso a decisão seja mantida", informou Britto.

O presidente da Associação de Hospitais ainda informou que a prefeitura deixou o grupo livre para escolher como a diminuição do atendimento aconteceria, e que, durante reunião na noite desta quarta-feira, o modelo de parada semanal foi aprovado. Ainda de acordo com Britto, o secretário não compareceu à reunião e informou incompatibilidade de agenda.

Em entrevista concedida à TV Bahia, o secretário Municipal de Saúde, Gilberto José, esclareceu que "a Secretaria recebe R$ 24 milhões do Governo Federal e gasta R$ 30 milhões. Então, fechamos o mês com R$ 6,1 milhões de dívida. Precisamos recompor este teto. Enquanto não conseguimos isto junto ao Governo Federal, teremos que procurar alternativas para evitar este sangramento nos recursos públicos”, afirmou. Na mesma entrevista, o secretário informou que o atendimento à população não seria prejudicado.

Salvador possui 433 clínicas particulares conveniadas à SMS e que atendem, em média, 1,9 milhões de pessoas ao mês. Caso a paralização mensal seja confirmada, durante o período, os usuários do SUS deverão dirijir-se apenas aos postos municipais de saúde. A Associação de Hospitais da Bahia teme que as unidades não tenham capacidade para atender toda a população, o que provocaria uma desassistência no setor. O Correio24horas tentou contato com o celular do secretário Gilberto José, mas sem sucesso.

Category: NOTÍCIAS | Views: 437 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa