CORPO DE JOVEM LUZENSE COM MARCAS DE TIROS É ACHADO EM ESTADO DE DECOMPOSIÇÃO EM EUCLIDES DA CUNHA; ALVO ERA O PATRÃO - 24 November 2016 - JORGEQUIXABEIRA
Thursday, 2016-12-08, 8:56 AM
Welcome Guest | RSS

Menu
Login
Categorias
Cesta
Your shopping cart is empty
Pesquisar
Metereologia
Main » 2016 » November » 24 » CORPO DE JOVEM LUZENSE COM MARCAS DE TIROS É ACHADO EM ESTADO DE DECOMPOSIÇÃO EM EUCLIDES DA CUNHA; ALVO ERA O PATRÃO
8:33 AM
CORPO DE JOVEM LUZENSE COM MARCAS DE TIROS É ACHADO EM ESTADO DE DECOMPOSIÇÃO EM EUCLIDES DA CUNHA; ALVO ERA O PATRÃO

O corpo do jovem Francisco Oliveira de Jesus, 23 anos, natural de Santaluz, foi encontrado com marcas de tiros em Euclides da Cunha. De acordo com informações da polícia, a vítima foi atingida por quatro disparos de arma de fogo nas costas no domingo (20), por volta das 19h, e foi achada na manhã desta quarta-feira (23), por volta das 7h30.

Segundo o investigador Paulo Sérgio, da 25ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), que esteve no local, populares acionaram a polícia após o corpo ter sido encontrado em estado de decomposição dentro de um matagal localizado no bairro Jeremias, próximo ao centro de abastecimento, às margens da BA-220. A vítima estava em estado de decomposição e foi identificada por documentos que estavam em seu bolso. Uma equipe da Polícia Militar esteve no local e isolou a área enquanto a Polícia Civil realizava o levantamento cadavérico. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica da cidade e, após ser liberado, deverá ser sepultado em Santaluz.

Francisco estava residindo há algum tempo em Euclides da Cunha, no povoado de Lagoa do Guedes, mas era do povoado de Queimada do Milho, na zona rural de Santaluz, onde mora seus familiares. “Fomos informados de que ele veio trabalhar nas obras da rodovia BA-220, e depois passou a morar e trabalhar em uma propriedade rural na Lagoa do Guedes”, afirmou Paulo Sérgio.

Patrão do jovem era alvo dos disparos
Ainda de acordo com o investigador, no início da tarde desta quarta-feira, pouco tempo após o corpo ter sido encontrado, um homem se apresentou à polícia dizendo ser o patrão de Francisco e contou que o alvo dos criminosos que mataram o jovem seria ele, que inclusive estava conduzindo uma motocicleta que levava o luzense no momento em que ocorreu o crime.

O homem contou aos policiais que ele e Francisco estavam passando pelo local, por volta das 19h do último domingo, quando foram surpreendidos por dois suspeitos a bordo de outra moto. Segundo o investigador Paulo Sérgio, o homem disse que os criminosos se aproximaram e um deles efetuou os disparos. Atingido, Francisco chegou a correr em direção ao matagal, enquanto o patrão teria fugido com a moto.

Questionado, o homem disse que acionou a PM logo em seguida, mas o difícil acesso ao local e a escuridão dificultou o trabalho dos militares. Após prestar depoimento nesta quarta-feira, o homem foi liberado e comparecerá novamente à delegacia nesta quinta, quando deverá apresentar a moto em que ele e o luzense estavam quando o crime aconteceu. O caso continua sendo investigado. Autoria e motivação são desconhecidas.

Redação Notícias de Santaluz

Category: NOTÍCIAS | Views: 199 | Added by: Milena | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total online: 20
Guests: 18
Users: 2
jorge, Milena
Sites

Copyright MyCorp © 2016