Segunda-feira, 2021-12-06, 3:38 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2010 » Agosto » 19 » CONTADOR MONTA ESQUEMA NA PREFEITURA DE UIBAÍ PARA FRAUDAR IMPOSTO DE RENDA
2:00 PM
CONTADOR MONTA ESQUEMA NA PREFEITURA DE UIBAÍ PARA FRAUDAR IMPOSTO DE RENDA
image
O esquema visava beneficiar ele próprio e mais 14 funcionários ou prestadores de serviços do município. "O esquema fraudulento gerou uma restituição indevida do Imposto de Renda que variou de R$ 5 a R$ 8 mil para cada um”, diz o vereador Marcão, de Uibaí, cidade a 36 km de Irecê.

O esquema veio a público porque um dos supostos beneficiados, Pedro Pereira Machado, não ficou satisfeito com a "divisão do lucro” e denunciou. "O valor restituído é fora da realidade da renda real desses servidores, uma vez que cada um recebe no máximo R$ 25 mil no ano”, explicou Marcão.

 

"Para justificar a restituição do Imposto de Renda, eles teriam que ter recebido durante o ano, cada um, uma renda superior a R$ 100 mil”, reforçou. "O caso já é do conhecimento da Receita Federal, que enviou um delegado até Irecê, onde tem sede na região, para fazer a investigação”, informou.

 

Segundo as denúncias, além do contador da Prefeitura, José Carlos Macedo Alecrim, os outros envolvidos são Hermínio de Carvalho Rocha, Marcos Evangi Souza Pontes, Antônio Machado Alecrim, José Ferreira Rocha, José Antônio Oliveira Dourado, Zilardo Brito, Eliezer Alcindo Rocha, Cleone Souza Batista, Pedro Pereira Machado (o denunciante), Paulo Gomes dos Santos, Hertz Venâncio do Nascimento, Marques Novais Ferreira, Ricardo Filgueira Machado e Amilton Souza Rocha.

 

Prefeito tenta impedir CPI

 

O vereador Marcão disse ainda que o Prefeito Pedro Rocha Filho (PT) e o presidente da Câmara, Luiz Machado, "vêm fazendo de tudo para impedir a criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o caso, o que nos leva a pensar que existem coisas a serem escondidas”.

 

Segundo Marcão, o prefeito abriu uma ‘sindicância’ para apurar os fatos para tentar enganar a população. "O que ele fez foi uma auto-auditoria, uma vez que a ALCONTA (empresa contratada) é a mesma que faz a contabilidade da Prefeitura”, revela. "Inclusive, esta empresa foi acusada pelo próprio Marcão de ser culpada pelas irregularidades, conforme parecer do Procurador do Município, Dr. Aderlan Porto”, acrescentou.

 

Amparado em parecer da Procuradoria do Município, Marcão informou que os vereadores estão entrando com um mandado de segurança visando garantir a instalação da CPI. Dos nove vereadores do município, quatro seguem a orientação do prefeito, quatro são da oposição e um é independente.

 

Além de Marcão, assinaram o requerimento para instalação da CPI os vereadores Armênia Borges Machado e Viviana Bezerra. "Diante de tudo disso, às vezes me sinto envergonhado de ser político. Mas nós precisamos mostrar para a população que a nossa função é defendê-la, por isso vamos continuar lutando para elucidar esse escândalo”, desabafou o vereador tucano. 

Category: NOTÍCIAS | Views: 1004 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 3
Convidados: 3
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa