Sexta-feira, 2020-10-30, 7:26 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2013 » Abril » 10 » CARLINHOS DE JESUS SE EMOCIONA COM PRISÃO DE SUSPEITOS DA MORTE DO FILHO
11:30 AM
CARLINHOS DE JESUS SE EMOCIONA COM PRISÃO DE SUSPEITOS DA MORTE DO FILHO


O dançarino e coreógrafo Carlinhos de Jesus comemorou o possível desfecho da investigação do assassinato de seu filho, o músico Carlos Eduardo Mendes de Jesus, morto em novembro de 2011. Emocionado, Carlinhos lembrou a ausência do filho.

- Não sei se eu começo a rir ou a chorar. É uma sensação que eu nunca tinha sentido antes. Rir pela solução do caso. Não (estou) feliz, mas confortável, pelo caso ter chegado a uma solução e à apresentação dos culpados. A vontade de chorar é pelo coração de pai. Por mais alegre diante da solução, fica dolorido e vazio, pela ausência.

Os quatro presos são o ex-PM Marlon Soares Pinheiro e os policiais militares Wellington do Carmo Pereira, André Pedrosa dos Santos, Miguel Ângelo da Silva Medeiros, lotados em três diferentes batalhões, o 16º BPM (Olaria), o 23º BPM (Leblon) e o 40º BPM (Campo Grande). As diligências dos agentes ocorreram nos bairros de Bangu, Recreio dos Bandeirantes, Itanhangá, Campo Grande e Vargem Grande, todos na Zona Oeste do Rio.

De acordo com o delegado, houve dois motivos para o crime. Miguel Ângelo teria participado por vingança. Um mês antes de Dudu ser assassinado, o cantor e o policial teriam brigado em um bar e Miguel Ângelo teria saído muito machucado da briga. Temendo as consequências, Dudu teria procurado o ex-PM Marlon Soares, conhecido dos dois, para intermediar uma trégua, não aceita por Miguel Ângelo.

Nesse meio tempo, Marlon teria começado a namorar uma ex-namorada de Dudu. No entanto, dois dias antes do crime, a moça teria se envolvido novamente com o cantor, despertando ciúmes no ex-policial. No dia do crime, André e Wellington teriam ajudado a planejar o crime. André estava no local, e Wellington teria dado informações sobre o local.

Todos serão indiciados por homicídio duplamente qualificado. Segundo o delegado, não se caracteriza formação de quadrilha porque os quatro não se reuniram para cometer outros crimes, apenas este.

O dançarino elogiou o trabalho da Polícia Civil e lamentou a presença de PMs entre os criminosos. 

Fonte: Extra Online

Category: NOTÍCIAS | Views: 398 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 8
Convidados: 8
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa