Quinta-feira, 2020-10-01, 5:08 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2015 » Junho » 17 » CAMPANHA QUE INCENTIVA VISITA A MUSEUS SEGUE ATÉ O FINAL DO ANO
10:47 AM
CAMPANHA QUE INCENTIVA VISITA A MUSEUS SEGUE ATÉ O FINAL DO ANO

A campanha de mobilização cultural e artística #MusEuCurto será mantida até o final deste ano. A decisão foi tomada pelo diretor geral do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), João Carlos de Oliveira, depois do retorno positivo do público de Salvador, onde está concentrada a maior parte dos museus estaduais. O Ipac integra a Secretaria de Cultura do Estado (Secult).
 


"Iniciamos a campanha em maio, provocando a população para que ocupasse e usufruísse de alguns dos melhores espaços de lazer da cidade, que são os museus estaduais", disse João Carlos. A ação contou com todos os museus do Intituto, apoio da Secult e da Secretaria de Comunicação (Secom). O Ipac administra o Museu de Arte Moderna (MAM), no Solar do Unhão, o Palacete das Artes, na Graça, o Museu de Arte da Bahia (MAB), no Corredor da Vitória, o Solar Ferrão, no Pelourinho, e o Palácio da Aclamação, no Campo Grande, dentre outros espaços culturais e expositivos. 



"A campanha #MusEuCurto me fez visitar um museu pela primeira vez na minha vida, e fiquei emocionada", disse a estudante de cursinho pré-vestibular, Michele Santos, de 17 anos. “Estou deslumbrada. No MAB vi antiguidades, taças, porcelanas, móveis antigos e quadros; é tudo muito lindo”, relatou. Ela solicitou que o governo aproximasse os estudantes da iniciativa para conhecerem a história da Bahia, através dos museus da cidade.

Residente no Campo Grande, a aposentada Ana Silva, de 60 anos, disse que já era frequentadora dos museus, mas que ficou entusiasmada com o evento. "O museu deve cumprir esse lado social e articulador para dar acesso ao conhecimento; isso nos garantiria um futuro melhor, estimulando os adultos e crianças para conhecer a cultura da nossa terra", relatou.

Para o artista plástico Murilo Ribeiro, diretor de um dos museus do Ipac, o Palacete das Artes, a cada ano o público tem sido mais ampliado. "Essa campanha é importantíssima, pois é atrativa para o conhecimento e a educação, propiciando maior bagagem cultural e mais sabedoria", lembrou. No Palacete ele diz que trabalham para atrair o público infantil, dinamizando escolas públicas e privadas.

O diretor geral do Ipac ressaltou que o objetivo foi conscientizar e sensibilizar a população para a apropriação desses espaços. "Além de dar acesso, provocamos a consciência participativa da população para a preservação desses locais, evitando ações de depredação e vandalismo, que foram comuns, por exemplo, no Passeio Público". A partir de julho, o órgão vai iniciar um Programa de Educação Patrimonial para policiais militares, para seguranças e campanhas participativas para a população.

#MusEuCurto 

A campanha contou com diretor de arte, redatores, designers, jornalistas, mídia e produção. A ideia foi uma ação pontual e estratégica. Foram criadas 20 peças veiculadas em rádios, jornais, mobiliário urbano, internet e redes sociais. "Contamos com o apoio da Secom que foi muito sensível a essa demanda da população baiana", disse João Carlos. Segundo ele, depois da campanha ser ampliada para #MusEuCurtoArte e #MusEuCurtoDança com a Fundação Cultural (Funceb), que promoveu apresentações artísticas no último domingo (14) no MAB, a campanha passará para o Passeio Público.


"Já acertamos a segurança local com o Comando da Polícia Militar e estamos fazendo obras emergenciais no Passeio Público para iniciar projetos culturais e artísticos, sempre em acordo com o Teatro Vila Velha, para usufruto da população", adiantou.

Fonte: Secom/BA

Category: NOTÍCIAS | Views: 199 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 16
Convidados: 16
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa