Domingo, 2021-12-05, 8:33 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2012 » Dezembro » 27 » CAMAÇARI: CASAS CONSTRUÍDAS EM ÁREA INVADIDA SÃO DEMOLIDAS
4:41 PM
CAMAÇARI: CASAS CONSTRUÍDAS EM ÁREA INVADIDA SÃO DEMOLIDAS

Cerca de 25 construções que invadiram o terreno de um morro no bairro Nova Vitória, na cidade de Camaçari, situada na região metropolitana de Salvador, foram demolidas durante a manhã desta quinta-feira (27), sob a responsabilidade da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Urbano.

De acordo com o servidor Usias Marcelino, que coordenou a ação, o objetivo é prevenir que as obras avancem na área, considerada de risco e sem estrutura para receber habitação. "É uma área pública, reservada, sem nenhuma estrutura, sem instalação sanitária. Fatalmente, quando chegar a época de chuva, estas pessoas podem ser prejudicadas com deslizamentos. A orientação do Ministério Público [da Bahia] é a de coibir o alastramento dessas ocupações", disse. Segundo ele, as casas demolidas estavam vazias, ainda sem móveis e algumas não tinham sequer cobertura.

A feirante Joseane dos Santos, de 20 anos, conta que mora no local com o marido e uma sobrinha. Ela, que viu a sua casa sendo demolida, lamentou a situação. "Meu pai estava chegando para botar a porta e eles derrubaram. Agora eu vou para onde, para debaixo da ponte? Trabalho na feira e tiro R$ 400 por mês, não consigo pagar um aluguel. O terreno foi invadido, realmente, mas eu gastei dinheiro aqui, 'estourei' o meu cartão de crédito. E simplesmente chegaram e derrubaram", contou a jovem.
O pintor Davi Medeiros, de 27 anos, que trabalha na construção civil, também teve a sua obra, segundo ele "praticamente" finalizada, demolida. Ele é natural de São Francisco do Conde, no interior da Bahia, e pretendia morar no imóvel com a sua mãe. "A prefeitura chegou aqui, meteu a marreta em mais de 20 casas. A minha só faltava a porta, ia trazer a mudança [do interior] neste fim de semana. Não tinha nada aqui, por isso nós resolvemos invadir. Ouvi falar e resolvi tirar um pedaço para mim", relatou o rapaz, que disse ter gastado quase R$ 2 mil na construção.
O funcionário explicou, no entanto, que as famílias presentes no local estão sendo cadastradas e que as que não têm condições financeiras para arcar com uma nova habitação receberão ajuda da administração pública. "Estamos fazendo triagem. Mas, a maioria é especulação, muitos têm casa. É um movimento muito recente [de ocupação da área], as pessoas que precisam serão atendidas", explicou Usias Marcelino.



Category: NOTÍCIAS | Views: 490 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 3
Convidados: 3
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa