Quarta-feira, 2021-12-01, 10:47 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2012 » Agosto » 15 » CAMAÇARI: 95 ALUNOS FICAM INTOXICADOS APÓS DEDETIZAÇÃO DE ESCOLA
11:09 PM
CAMAÇARI: 95 ALUNOS FICAM INTOXICADOS APÓS DEDETIZAÇÃO DE ESCOLA

A Prefeitura de Camaçari, cidade na região metropolitana de Salvador, afirma nesta terça-feira (14) que vai abrir sindicância para investigar a causa da intoxicação que acometeu 95 alunos da Escola Municipal Cleuza Maria de Carvalho após realização de dedetização. As crianças que estudam no local precisaram de atendimento médico depois de sentir coceira pelo corpo, irritação nos olhos e manchas na pele.

"Eu cheguei na escola no primeiro horário e já fui me queixando ao professor que estava com meu olho ardendo. Todo mundo foi pra direção dizendo que o olho estava ardendo, estava se coçando. E eles não avisaram nada para a gente que ia dedetizar. Liberou para ir pra casa. Aí passou. Quando foi hoje de novo começou tudo", relatou uma aluna da escola que apresentou os primeiros sintomas na segunda-feira (13). De acordo com informações da prefeitura do município, a escola passou por dedetização no sábado (11).

Durante a tarde desta terça, a escola foi lavada. As aulas foram suspensas e serão retomadas na quinta-feira (16). Após atendimento, 35 crianças ficaram em observação nas unidades de saúde, mas foram liberadas no fim da tarde.

O órgão gestor informou que o produto utilizado na dedetização é a alfacipermetrina 200 SC, destinado ao combate do barbeiro e do aedes aegypti, insetos causadores da doença de Chagas e da dengue, respectivamente. Uma amostra do produto foi enviada para análise em laboratório. "É um inseticida e acaba, por tabela, tendo eficácia no combate a outros mosquitos. Na escola ao lado também foi aplicado o mesmo inseticida e não teve nenhuma reclamação quanto a intoxicações", disse Celso Amorim, diretor do Departamento de Vigilância à Saúde de Camaçari.

A prefeitura de Camaçari informa ainda que desde janeiro deste ano foram realizadas dedetizações em 11 escolas, além de unidades de saúde, abrigos de idosos e em CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) e não houve registro de nenhum problema.

Category: NOTÍCIAS | Views: 567 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa