Quinta-feira, 2020-08-06, 4:43 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2011 » Novembro » 24 » BARREIRAS: MOTORISTA EMBRIAGADO PROVOCA ACIDENTE E CAUSA A MORTE DE TRÊS PESSOAS NA BR-242
12:51 PM
BARREIRAS: MOTORISTA EMBRIAGADO PROVOCA ACIDENTE E CAUSA A MORTE DE TRÊS PESSOAS NA BR-242

O uso de bebida alcoólica terminou em tragédia no KM 860 da BR 242, nas proximidades do entroncamento com o Anel da Soja, em Barreiras, região Oeste da Bahia. O acidente ocorreu por volta da 18h50 de ontem, 23.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal de Barreiras, João Fernandes de Paula, 50 anos, motorista de uma carreta Volvo, de Miguelópolis/SP, invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente contra uma D20, de Montalvânia/MG e matou os três ocupantes da caminhonete. O teste do bafômetro de João Fernandes registrou 0,60 miligrama de álcool por litro de ar expirado. Ele teve apenas lesou leves.

Relatos informam que o motorista da carreta ainda tentou fugir do local do acidente, mas foi impedido por populares que o amarraram até a chegada de uma equipe da Polícia Militar de Luís Eduardo Magalhães. Populares mais exaltados ainda tentaram linchar o motorista da carreta, mas os PM’s evitaram a ação.


Morreram na batida o motorista da D20, Wandergleysom Teixeira Benevides, 33 anos, natural de Minas Gerais, e os passageiros, Geraldo Flugêncio da Rocha, 50 anos, natural de Cotegipe/BA e Jesus Epifânio Evangelista, 49 anos, também de Minas Gerais.

As três vítimas são motoristas de máquinas agrícolas e trabalhavam em fazendas do Oeste e estavam indo jantar no posto Cerradão.

Em depoimento a PRF, o motorista da carreta disse que deixou a parte graneleira da carreta no posto Cerradão e estaria retornando na pista em busca da placa do reboque que teria caído na BR, momento em que perdeu o controle do caminhão e invadiu a pista contrária. Já no depoimento prestado a nossa equipe de reportagem na Delegacia de Polícia de Barreiras, onde João Fernandes está detido e responderá por homicídio com dolo eventual, ele falou que um veículo Corsa seguia pelo acostamento da BR e quando ele se aproximou, o veículo adentrou na pista, obrigando-o a frear bruscamente. "Quando pisei no freio o cavalinho rodou e perdi o controle do veículo. Foi uma fatalidade”. Sobre dirigir embriagado, assumindo o risco de causar acidente, João Fernandes disse que não estava bêbado, que tinha tomado apenas algumas latinhas de cerveja.

Perguntado sobre o que teria para dizer as famílias das vítimas, João Fernandes disse apenas que não estava bêbado e que o acidente foi uma fatalidade.

João Fernandes de Paula está preso do Complexo Policial de Barreiras e responderá pelo artigo 121 do Código Penal, ou seja, homicídio com dolo eventual com pena prevista, caso condenado, entre 6 e 20 anos de reclusão.

 

Fonte: Jornalnovafronteira

Category: NOTÍCIAS | Views: 968 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 4
Convidados: 4
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa