Quarta-feira, 2022-11-30, 4:40 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Outubro » 23 » APÓS 5 ANOS, FILHO É MORTO NA MESMA RUA DE SP ONDE PAI FOI EXECUTADO
5:17 PM
APÓS 5 ANOS, FILHO É MORTO NA MESMA RUA DE SP ONDE PAI FOI EXECUTADO


Uma via de São Paulo marca o fim de duas gerações da família Paula Silva. Cinco anos separam os assassinatos de pai e filho na Rua Atilio Piffer, na Casa Verde, bairro de classe média na Zona Norte da capital.

Em abril de 2008, o comerciante Mauro de Paula Silva, de 41 anos, foi executado com seis tiros em um bar em frente ao prédio onde morava com a mulher e o filho. Neste ano, no mês passado, em setembro, a poucos metros do lugar onde ele foi assassinado, o ajudante Gustavo Kramer de Paula Silva, de 21, foi encontrado baleado e morto com "diversos ferimentos” pelo corpo, segundo policiais militares que atenderam a ocorrência.

A Polícia Civil investiga se há relação entre os dois assassinatos. "Realmente é um ponto a ser considerado o fato de os crimes terem ocorrido na mesma rua”, disse o o delegado Itagiba Franco, da Divisão de Homicídios do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). "Vamos investigar se há relação entre os dois crimes, mesmo o primeiro tendo ocorrido há mais de cinco anos."

 

O assassinato do comerciante foi arquivado em 2009 sem a identificação do assassino, segundo o delegado. Câmeras de segurança gravaram as duas mortes. O G1 teve acesso as imagens que mostram o homicídio contra o pai. As cenas que flagraram a execução do filho não foram obtidas.


Esses dois casos haviam sido registrados no 13º Distrito Policial, na Casa Verde, que fica a cerca de 2 km de distância de onde ocorreram os crimes. Mas por conta da complexidade, o fato de as autorias dos crimes serem desconhecidas, as ocorrências foram encaminhadas para o DHPP.

Segundo um dos boletins, por volta das 18h20 de 25 de abril de 2008, Mauro de Paula Silva entrou num bar, com toldo amarelo, na Rua Atilio Piffer. Lá, foi conversar com um conhecido perto de uma mesa de sinuca. O assassino, que usava camiseta branca e estava de calça, aparentemente o esperava.

Testemunhas relataram à polícia que o criminoso bebia um refrigerante no balcão e, ao notar a chegada de Mauro, virou-se e disparou várias vezes. Cinco projéteis atingiram o peito do comerciante e a sexta bala, sua cabeça. As imagens obtidas pela equipe de reportagem mostram a vítima caminhando até a calçada, onde cai e morre. Aproveitando a correria causada pelos disparos, o assassino não identificado foge. Do outro lado da rua fica o prédio onde o comerciante morava com a mulher e o filho.

Fonte: G1 . com

Category: NOTÍCIAS | Views: 423 | Added by: lucicleia | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa