Sábado, 2023-06-10, 6:50 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Novembro » 11 » ACUSADO DE ESTUPRAR PROMOTORA NA PITUBA É CONDENADO A 26 ANOS DE PRISÃO
10:06 AM
ACUSADO DE ESTUPRAR PROMOTORA NA PITUBA É CONDENADO A 26 ANOS DE PRISÃO


A Justiça condenou a 26 anos de prisão Bruno Souza dos Santos, o Zóião, 22 anos, acusado de extorsão contra a juíza E. S. e contra a promotora de justiça L. F., que também foi estuprada pelo condenado, entre os dias 15 e 16 de novembro de 2012, de acordo com informações do jornal A Tarde. A decisão judicial será publicada na edição desta segunda-feira (11), do Diário Oficial da Justiça. Segundo a sentença da juíza Sílvia Lúcia Bonifácio Andrade Carvalho, da 6ª Vara Criminal de Salvador, Bruno foi considerado culpado pelos crimes de extorsão e estupro e deverá cumprir a pena, inicialmente, em regime fechado. 

 

A promotora, que tem família em Salvador, mas não atua na Bahia, até hoje não voltou a atuar após o crime. Devido à  violência do ato, ela sofreu graves problemas de saúde e passou por tratamento médico e psicológico. O crime ocorreu no dia 15 de novembro de 2012. As vítimas pararam o carro na rua Amazonas, na Pituba, por volta das 21h, para ir a um bar. No local, elas foram abordadas pelos dois adolescentes, um deles com uma arma de fogo. Com o carro das vítimas, os adolescentes foram a caixas eletrônicos para realizar saques. Enquanto um deles conduzia a juíza para fazer os saques, o outro abusava sexualmente da promotora, no banco traseiro do veículo.

 

Depois eles foram ao encontro de Zóião, no bairro de São Caetano. Ao entrar no veículo, o condenado também abusou sexualmente da promotora. Ao pararem num posto de gasolina, Bruno e um adolescente voltaram a estuprar a vítima, já no dia 16. Após cerca de 14 horas, as vítimas foram libertadas na Jaqueira do Carneiro e levaram o caso imediatamente à autoridade policial.

Dos 26 anos da pena, nove anos e quatro meses são decorrentes do crime de extorsão e 16 anos e oito meses, do crime de estupro. Bruno ficou preso durante todo o andamento do processo. Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, também envolvidos no crime, já foram julgados e condenados pela 2ª Vara da Infância e Juventude e desenvolvem atividades socioeducativas.

Fonte: Bocão News

Category: NOTÍCIAS | Views: 467 | Added by: lucicleia | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 2
Convidados: 2
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa