Sexta-feira, 2020-12-04, 4:26 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2010 » Setembro » 22 » Acusadas de envolvimento com tráfico internacional de mulheres serão ouvidas em outubro
11:18 PM
Acusadas de envolvimento com tráfico internacional de mulheres serão ouvidas em outubro
Divulgação |Bruno Silva de Santana foi condenado a foi condenado a 8 anos, 10 meses e 15 dias de reclusão pelo crime

A Justiça Federal vai ouvir no próximo dia 06 de outubro outras duas integrantes da quadrilha acusada e processada pelo crime de tráfico internacional de pessoas, deflagrado em Feira de Santana. A audiência será às 09 horas.

Apesar da condenação de seis pessoas acusadas pelo mesmo crime, Thayse de Lima Barbosa e Vera Lúcia Pereira dos Santos ainda não foram julgadas pela Justiça. Ambas, foram extraditadas a pedido da Justiça brasileira. Elas estavam presas na Espanha e somente agora serão interrogadas.Na mesma data serão ouvidas as testemunhas de acusação arroladas pelo Ministério Público Federal (MPF). A defesa das acusadas não indicou testemunhas.

Mês passado, a Justiça Federal condenou seis pessoas denunciadas pelo Ministério Público Federal (MPF) por crimes que variaram entre tráfico internacional de pessoas, quadrilha, concurso material e divulgação de dados reservados.
O CRIME

A denúncia do MPF foi desdobramento da Operação Princesas do Sertão, que desarticulou, há quase dois anos, uma quadrilha que aliciava mulheres em Feira de Santana promovendo ou facilitando a saída delas para prostituição em clubes situados no balneário de Ibiza, na Espanha, e na cidade de Brescia, na Itália.

Das 11 pessoas denunciadas pelo MPF, foram condenados Adalto Ferreira de Andrade; Bruno Silva de Santana, Rogéria Matos de Santana, Ylana Caetano Dias, Cristine Leão Batista e Odemício dos Santos Dias a penas que variaram de 11 anos de reclusão, detenção e multa a prestações pecuniária e de serviços à comunidade. As rés Thayse de Lima Barbosa e Vera Lúcia Pereira dos Santos ainda respondem o processo. O MPF vai recorrer da absolvição de Frank Oliveira Borges e de César Negrão do Rosário. Fly da Costa Silva foi absolvido a pedido do MPF.

A quadrilha atuava por meio de dois ramos - um italiano e outro espanhol - que aliciava mulheres no município de Feira. As passagens aéreas das vítimas eram compradas com cartões de crédito clonados por estelionatários de Salvador/BA e Vila Velha/ES. Para a compra dos bilhetes aéreos, eles violavam o sigilo funcional do sistema informático da Secretaria de Segurança Pública da Bahia a fim de obter dados pessoais dos titulares dos cartões a serem clonados. O crime era viabilizado por meio da senha de um policial civil, que tinha conhecimento de todo o esquema.

A investigação foi iniciada em fevereiro de 2008 com base em dados fornecidos pelo Departamento de Crimes contra a Vida, da Polícia Civil. Estima-se que, entre janeiro de 2007 e setembro de 2008, a quadrilha tenha enviado ou tentado enviar para a Europa 37 mulheres, em vôos que partiram dos aeroportos internacionais de Salvador, Guarulhos (SP) e Rio de Janeiro (RJ).
Category: NOTÍCIAS | Views: 704 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 4
Convidados: 4
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa