Segunda-feira, 2022-12-05, 11:42 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Outubro » 18 » ABALADA, MÃE DAS VÍTIMAS PRESTA DEPOIMENTO NA 7ª DELEGACIA
6:17 PM
ABALADA, MÃE DAS VÍTIMAS PRESTA DEPOIMENTO NA 7ª DELEGACIA


Extremamente abalada, a mãe das vítimas mortas em Ondina, Marinúbia Gomes, prestou declarações na 7ª Delegacia, no Rio Vermelho, na tarde desta quinta-feira (17).
Pouco mais de uma hora e meia fizeram a mãe relembrar dos últimos momentos vividos ao lado dos filhos. Na saída da delegacia, a mãe, a tia e a namorada de Emanuel, não quiseram falar com a imprensa.

A delegada Jussara Souza informou que oito testemunhas já foram ouvidas a até esta sexta-feira (8) novos depoimentos podem ser recolhidos, caso necessário. O inquérito policial deve ficar pronto nesta sexta-feira (18), antecedendo o prazo final no domingo (20).

"Ela ficará presa até o término do inquérito. Com os depoimentos recolhidos, já temos provas suficientes para finalizá-lo e encaminhá-lo à Justiça”, garante a delegada.


Ainda de acordo com a delegada, Kátia Vargas foi interrogada no Complexo Prisional Feminino, na manhã desta quinta-feira (17), mas se reservou a ficar calada. Só falará em juízo. Já o advogado da família, Daniel Keller, informou que a população está procurando a polícia para prestar declarações. "A população clama por justiça. E vemos que as pessoas voltaram a acreditar no poder judiciário. Por ela estar presa, já traz um consolo para a família, que começa a perceber que a justiça está sendo feita”. 
Keller ainda deu mais detalhes sobre o depoimento da mãe. "Foi muito difícil para ela, pois teve que relembrar do último momento com os filhos, do último adeus. Relembrar esses momentos foi bastante complicado. Foi até difícil para mim, no longo da minha carreira”, emociona-se.

De acordo com Keller, até a tarde desta quinta, o advogado de defesa da médica, Vivaldo Amaral, ainda não teria solicitado o relaxamento da prisão. "A informação que temos através do Tribunal de Justiça da Bahia é que não consta nenhum instrumento jurídico movido pelo advogado para revogar a prisão preventiva dela”.


Laudo médico

Nesta quinta-feira (16), o Ministério Público da Bahia divulgou o laudo pericial médico da acusada. os promotores Nivaldo Aquino e Davi Gallo foram taxativos: Kátia está completamente normal, sem problemas físicos. Aquino aponta que não há nenhuma lesão física na médica, apenas algumas psicológicas. Dentre elas está a intenção verbal de cometer suicídio. Apesar disso, o laudo não atesta nenhuma deficiência psicológica que comprove algum transtorno mental que a leve ao fato.

Na manhã de hoje, Kátia Vargas deixou o Hospital Aliança direto para o Complexo Prisional Feminino, na Mata Escura. Kátia será indiciada por prática de homicídio com três vertentes qualificadores: motivo torpe, resultado de uma vingança; por perigo comum, criado para as pessoas que transitavam pelo local; e pela notória falta de defesa das vítimas. A pena pode ser de 24 a 60 anos, devido ao duplo homicídio.

Fonte: Bocão News

Category: NOTÍCIAS | Views: 706 | Added by: monica01 | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa