Sábado, 2020-08-15, 1:09 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2012 » Setembro » 23 » A IMPORTÂNCIA DO VOTO
0:48 AM
A IMPORTÂNCIA DO VOTO


A IMPORTÂNCIA DO VOTO

No próximo dia 07 de outubro, o país vai viver mais uma festa cívica e democrática única. Serão realizadas as Eleições municipais 2012.

Eu, você e toda nação brasileira, aqueles maiores de 16 anos, teremos a oportunidade de decidir, com o voto, a nossa sorte por mais 04 anos, sufragando nas urnas os nomes dos novos prefeitos e vereadores municipais.

A propósito, caro ouvinte-eleitor, a partir de agora, lhe convido para, juntos, refletir e entendermos a relevância do nosso voto e como ele repercute dentro de nossa casa, na rua, no bairro, na cidade, enfim, em todo o nosso município.

Antes, porém, permita-me que deixe uma pergunta no ar e se você puder responder, que o faça a si próprio...  E, mais, avalie se valeu a pena a sua escolha: Em quem mesmo você votou nas últimas eleições municipais e o porquê do seu voto naquele(s) determinado(s) candidato(s)?

Prosseguindo, voltemos à análise da importância do voto, com mais indagações.

Começo com a importância do voto para sua casa:

1- Você e sua família estão satisfeitos com o fornecimento, regularidade e a qualidade da água que bebem? E na sua conta vem descriminado o consumo, explicando o critério estabelecido para se cobrar aquele determinado valor?

2- E a energia elétrica que você consome e paga, acrescida da famigerada e abusiva Taxa de Iluminação Pública (TIP)?!...  O IPTU que lhe é cobrado, retorna?!... E o sinal de TV que você recebe?!... São serviços e tributos compatíveis com a sua realidade de vida e atendem ao mínimo de conforto e dignidade que você merece?

Vejamos, agora, a importância do voto para a sua rua e bairro:

1- Como andam os serviços públicos de telefone, correios, iluminação, calçamento, esgoto sanitário, limpeza, segurança e transporte?

Finalmente, a importância do voto para a sua cidade e município:

1- É do seu conhecimento a existência de escola pública de qualidade para todos?

2- Há hospitais, laboratórios, médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, educadores físicos e dentistas para todos?!!!  Enfim, a quantas andam a saúde pública e a qualidade de vida de sua cidade e município?

3- A mobilidade urbana e a segurança pública estão presentes e atendem as suas expectativas, enquanto cidadão, contribuinte e pai de família?

4- E a economia do seu município tem sido gerida com competência e responsabilidade pelo gestor público municipal, estando estabilizada e em escala de crescimento, oferecendo empregos e oportunidades no mercado de trabalho para todos?

5- Outra coisa, como têm sido tratadas a ética e a moralidade nos serviços e na administração pública municipal?

Contam-se nos dedos os delinquentes de colarinho branco que foram punidos pela Justiça, por terem metido a mão no dinheiro público. Os sucessivos escândalos por corrupção, nas diversas esferas de governo, não nos deixam mentir. Por outro lado, a alvissareira lei da ficha-limpa, emanada da indignação e do clamor popular, representando a vontade do povo em assistir a uma faxina geral na gestão pública, nasceu como esperança, no entanto, para se tornar realidade, precisa de maior celeridade e eficácia na sua aplicabilidade... A população tem pressa!...

Enfim, nós tomaríamos o tempo todo e não esgotaríamos os exemplos – positivos e negativos – que atestam a força e a importância do voto, que é capaz de aprovar e manter no poder determinado mandatário político, ou reprovar e banir da vida pública àqueloutro que não se portou condignamente, com decência e responsabilidade no trato coletivo, enquanto no poder, cumprindo as promessas e compromissos assumidos com a comunidade, durante a campanha.

Continuando nossa reflexão, ficam mais algumas perguntinhas e novas recomendações:

1- Você sabe quem é o candidato que bate hoje na sua porta e lhe pede o voto? Qual é a sua biografia enquanto cidadão e homem público?...  Será que não se trata de mais uma dessas figuras já conhecidas e carimbadas, com uma rica folha corrida na polícia e órgãos de controle externo do serviço público?

2- Repare, também, se o candidato é filho natural do município, adotivo ou por opção, investindo, morando e possuindo família e bens no local?

3- Seria bom, ainda, checar se o candidato conhece e que solução inadiável apresenta aos graves e atuais problemas de Jacobina e do seu município, a exemplo da saúde pública que segue deficitária, com recorrentes casos que impactam e consternam a região, diante da inércia e incompetência das administrações públicas municipais; a má prestação jurisdicional pelo acúmulo de processos e a lentidão da justiça por falta de juízes e serventuários na comarca; a premente necessidade de se construir um matadouro público, ofertando à população carne de qualidade; o deplorável estado em que se encontram as estradas que cruzam Jacobina e região; a inexistência de saneamento básico na grande maioria das cidades; e o imobilismo político na prevenção e preservação do nosso meio ambiente, com a extinção da fauna e flora regional, fruto de ação inconsequente e criminosa, atestada na impunidade das queimas das  serras, depredação das cachoeiras e morte dos nossos rios, etc, etc, etc.....   

Portanto, caro ouvinte-eleitor, se o candidato não tem raízes e investimentos no município, tampouco terá compromisso com você. Trata-se da surrada figura do político COPA DO MUNDO: aquele que comparece hoje, na sua casa e no seu bairro, pede o seu voto, promete tudo e só retorna às bases, depois de 04 anos, com o mesmo velho e batido discurso... É um estranho no ninho! Ninguém merece!!! Preze e preserve a esperança de dias melhores! Diga não ao político cara-de-pau e aos oportunistas de plantão! Valorize o seu voto!... Defenda o seu futuro e o de sua família!!!

A propósito, caro ouvinte-eleitor, fechando a nossa reflexão, retorno à pergunta inicial que deixei no ar: Você já se lembrou do seu último voto?!!  Valeu a pena?!!  

Enfim, o que desejamos para a nossa casa, rua, bairro, cidade e o nosso município, a gente responde, nas eleições do domingo, dia 07 de outubro, apenas e tão somente com o voto... Afinal, voto não tem preço, tem consequência!!!

 

Texto: João Jaques Valois/Jacobina FM

Category: CURIOSIDADES | Views: 530 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 6
Convidados: 6
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa