'ESPERO QUE ALGUÉM PEÇA DESCULPAS QUANDO ISSO ACABAR', DIZ LULA À PF - 14 March 2016 - JORGEQUIXABEIRA
Sunday, 2016-12-11, 4:54 AM
Welcome Guest | RSS

Menu
Login
Categorias
Cesta
Your shopping cart is empty
Pesquisar
Metereologia
Main » 2016 » March » 14 » 'ESPERO QUE ALGUÉM PEÇA DESCULPAS QUANDO ISSO ACABAR', DIZ LULA À PF
4:13 PM
'ESPERO QUE ALGUÉM PEÇA DESCULPAS QUANDO ISSO ACABAR', DIZ LULA À PF

 

 
 
 
 
 
 
 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em depoimento a Polícia Federal (PF) que será candidato à Presidência da República em 2018 e que espera que alguém lhe peça desculpas após a conclusão das investigações.

Nesta segunda-feira (14), a Justiça Federal colocou em seu sistema a transcrição das declarações de Lula aos delegados da PF no dia 4 de março, quando foi deflagrada a 24ª fase da operação, da qual o ex-presidente é um dos alvos. O depoimento ocorreu no aeroporto de Congonhas, na capital paulista, e durou mais de três horas. 

O ex-presidente nega as acusações feitas pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela PF no âmbito da Lava Jato. Também comenta e nega as acusações do Ministério Público de Sao paulo

 
VA Depoimento Lula tracho que diz que terão que pedir desculpas (Foto: Reprodução)

A 24ª fase da Operação Lava Jato investiga a relação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e familiares com empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras.

O MPF e a PF dizem ter encontrado indícios de que Lula recebeu vantagens indevidas, como um apartamento e reformas em imóveis, além de doações e pagamentos por palestras via Instituto Lula e a empresa Lils Palestras, que pertence ao ex-presidente.

O MPF diz que o instituto recebeu de empreiteiras investigadas na Lava Jato R$ 20 milhões em doações e que a Lils Palestras recebeu R$ 10 milhões.

Investigadores querem saber se os recursos vieram de desvios da Petrobras e se foram usados de forma lícita. Parte do dinheiro foi transferido do Instituto Lula para empresas de filhos do ex-presidente, e o MPF apura se os serviços foram de fato prestados.

Triplex no Guarujá
O ex-presidente reafirmou que o apartamento triplex no condominío Solaris, em Guarujá, não pertence a ele. Disse que se sente desrespeitado e afirmou que os promotores do MP-SP terão que comprovar que o apartamento é dele.

 
VA Trecho depoimento de Lula que pede prisão de membros do MP-SP (Foto: Reprodução)

Para o ex-presidente a investigação é uma "sacanagem homérica" e avaliou que participa do caso mais complicado da história jurídica do Brasil.

A ligação de Lula com o apartamento é investigada pelo MP-SP e também pelo MPF.

Na Justiça de São Paulo, Lula foi denunciado, na última quarta-feira (9), pelos crimes de falsidade ideológica e lavagem de dinheiro, além de t

O MPF apura se os apartamentos do Solaris foram usados para lavar dinheiro de propina no esquema de corrupção na Petrobras.

"[...] Porque tenho um apartamento que não é meu, eu não paguei, estou querendo receber o dinheiro que eu paguei, um procurador disse que é meu, a revista Veja diz que é meu, a Folha diz que é meu, a Polícia Federal inventa a história do triplex que foi uma sacanagem homérica, inventa história de triplex, inventa a história de uma off-shore do Panamá que veio pra cá, que tinha vendido o prédio, toda uma história pra tentar me ligar à Lava Jato".

Lula reconheceu que foi ao apartamento e afirmou à polícia que o imóvel era inadequado.
"Quando eu fui a primeira vez, eu disse ao Léo que o prédio era inadequado porque além de ser pequeno, um  triplex de 215 metros é um triplex 'Minha Casa, Minha Vida', era pequeno”.

Léo é Léo Pinheiro, ex-presidente da construtora OAS. Ele foi condenado por envolvimento do esquema de corrupção da Petrobras

er um pedidSe você está atrás da verdade, você mande prender um cidadão do Ministério Público, que diz que o apartamento é meu, mande prendê-lo"o de prisão que ainda está sendo analisado.

 

Category: NOTÍCIAS | Views: 101 | Added by: Michele | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total online: 6
Guests: 6
Users: 0
Sites

Copyright MyCorp © 2016